Selector de entradas com Arduino (Pt. 3)

Nesta 3ª e não última parte… um pouco mais sobre este projecto! Como referi na 2ª parte deste artigo, tudo estava em aberto, e neste momento, as partes de controlo e de comutação de audio estão “concluidas”, as PCB foram encomendadas e será uma questão de aguardar. Mas desde já enumero algumas mudanças e/ou possiveis alterações de futuro:

  • Código adaptado (Uma vez mais!) para funcionar com o chip do Arduino Uno, ATMega328P, e poder trabalhar em “stand-alone”;
  • Placa de controlo permite encaixar no LCD e alimentá-lo/controlá-lo, sacrifiquei mais saídas, mas deixei de ter necessidade do conversor I²C;
  • Continua a ser possível programar o ATMega328P através de pinos que deixei na placa para o efeito, não sendo necessário cabo USB nem retirá-lo do circuito;
  • Todas as ligações (excepto LCD) são efectuadas pela parte traseira do módulo;
  • Em estudo, a colocação de um pré-amplificador/pré-amplificador para gira-discos, ficando esta unidade um 2 em 1.
  • Foi descoberto um “bug”, entretanto corrigido. Como as saídas são em BCD, e neste caso a “0” corresponde à entrada 1 e assim sucessivamente, para a função “TAPE” segui o mesmo raciocínio, usando as saídas 0-2 quando deveria ter usado 1-3. Por defeito está a 0 activa (TAPE 1) e quando está em OFF temos a saída 3 activa. Como não comanda nenhum relé, não temos problemas. Estes erros serão corrigidos nas próximas placas!

Por hoje deixo os desenhos da placa de controlo (Que fica atrás do LCD) e da placa de relés; e ainda o novo “firmware” para este módulo, e que permite as operações descritas na 2ª parte deste artigo. E também do esquema e manual de utilização!

E pela altura que este artigo foi escrito, lembrei-me de inventar  e o código foi de novo modificado para incluir a função Mute, sendo a selecção feita apenas por um botão. Como as placas de controlo/relés já seguiram para fabrico, somente na próxima versão das mesmas será incluído (Ou mesmo outras funções, dependerá da imaginação/disponibilidade até lá). Podem encontrar este firmware nos ficheiros: (ATMega328P, Source/Tape/Mute). Agora é uma questão de aguardar que as placas cheguem (Podia ter pago o triplo de portes para que viessem em menos tempo, mas arriscava-me a baterem na trave e saírem muito mais caras…) para começar o trabalho! Na 4ª parte deste artigo, conto já ter as placas comigo, e ai mostrarei o resultado final, com sorte! E o meu conselho, acima de tudo, e para quem puder… FIQUEM EM CASA!

73’s

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *